Nefertiti: Uma história fascinante.

Linda e poderosa, combateu o machismo e foi a mulher mais poderosa e amada do mundo.
Linda e poderosa, combateu o machismo e foi a mulher mais poderosa e amada do mundo.

 

Carisma é tudo.

Veja o caso de Nefertiti (“A Bela que veio”), a mulher mais poderosa do Egito, mais bela que Cleópatra, casada com Akhenaton, que era o rei de fato, mas era míope, tinha deformidade no corpo, ancas de mulher, queixo muito grande, membros alongados. E ela, linda, passou a usar as coroas que só os faraós podiam usar.

Akhenaton, desfigurado por doença, mais feio que dar tapa em cego, era amado por uma bela
Akhenaton, desfigurado por doença, mais feio que dar tapa em cego, era amado por uma bela

Akhenaton amou-a como raramente se presencia na história. Imagens do casal em cenas íntimas e familiares são a exceção absoluta de imagens de faraós. E ela cuidou dele com carinho, ajudando-o a governar em co-regência, o que era ilegal, tendo por isso que mudar várias vezes de nome.
Mas a morte prematura de Akhenaton veio, em virtude de sua doença degenerativa, sem dar tempo à construção de seu túmulo, sendo enterrado em um local destinado à rainha.

Solitária e sofrendo pressão por ser uma mulher no comando, quis arranjar um casamento com um príncipe Hitita, que é uma civilização de fora do Egito. No caminho ao Egito, o príncipe foi morto e dias depois, com o povo indignado e insurgente, ela também desapareceu, provavelmente fugiu ou foi assassinada.
Assumiu seu afilhado, Tutancamón, que viveu só até os dezoito anos e morreu com uma forte pancada na nuca.

O túmulo de Tucancamón é um dos mais ricos de todo o antigo Egito, forrado de riquezas e admiração, mas uma investigação descobriu algo fascinante.

tutankhamon_lado_mascara_slide
Observe que atrás da orelha existe uma fenda. Foi a máscara do filho aplicada sobre a cabeça da estátua original, de Nefertiti.

A morte de Tutancamón foi imprevisível e ele ainda era jovem, mas seu túmulo era rico. A descoberta foi simples: analisando sem muito detalhismo, Tutancamón aparece com um busto 36. Sua tumba foi adulterada, seu rosto é uma máscara. A solução era óbvia.

Um dos maiores tesouros arqueológicos já encontrados no mundo, o Túmulo de Tutancamón, na verdade era o tesouro destinado a Nefertiti. A descoberta do túmulo de Nefertiti continua sendo a maior ambição até hoje de todos os historiadores do mundo. Está lá, em algum lugar

A mulher que subjugou toda a tradição machista do Egito antigo e se tornou (até ser considerada traidora) não só a mulher mais bela, carismática e poderosa do mundo, como também a mais amada. Por seu marido e seu povo.

O que você acha disso?

comentários

Compartilha