Sobre o exército da Universal

Como começa um exército terrorista?

 

Com um exército.

E uma igreja no comando.

GA2 GA1 GA3 GA4 GA6

Assim descobrimos na internet uma série de vídeos realizados pela Igreja Universal convocando jovens crentes para a formação de um grande exército. Confira!

Rio Grande do Sul

Local desconhecido

Ceará

Piauí

Vídeo oficial da apresentação do G.A.
Legal que eles usam cenas do jogo Assassins Creeds (A crença dos assassinos).

Rondônia

Alagoas

Fortaleza

Goiás

Rio

Bahia

Argentina

Estes vídeos, quem viu tá ligado, são dos GLADIADORES DO ALTAR, um grupo da Igreja Universal que arrecada jovens interessados em um dia se tornarem pastores da Universal. Eles ganham uniformes, algum treinamento físico e ensino de idiomas e técnicas de evangelização. O objetivo é formar evangelizadores e pastores.
Logo que essa notícia começou a viralizar, algumas pessoas fizeram o ridículo de comparar o G.A. com o ISIS.

Reação dos ateus da página Ateus
Reação dos ateus da página Cansei de Religião, copiada também pela página Ateus

Contra esses bêbados, o Omaro Fadeyro, vloguer do canal Morgatório do Pássaro deu uma resposta no seu face, falando da desproporcionalidade dessa comparação:

…convenhamos, aqueles ‘soldados do altar’, que apareceram na Universal, não recebem treinamento militar, não estão armados, não sequestram pessoas, não vendem crianças em leilão (para serem escravas sexuais), não matam crentes que cultuam dogmas diferentes, não estão promovendo uma guerra sangrenta em busca de dominação territorial…

Mas um tal Pedro Henrique disse:

Eu não apelaria para a sensatez de pessoas que se prestam a fazer esse teatro. Concordo que é um salto grande demais para a Universal ser comparada ao ISIS, mas não duvide da estupidez de fanáticos religiosos.

Outro tal Artur Vicente foi mais pungente:

Não vejo motivo algum para essa congregação criar um exército figurado. Uma alusão patética, assim como todos os seus outros produtos “ungidos”…

Mas um tal George Huxcley amenizou:

No mais, a ideia de um soldado de cristo, exercito da salvação é antiga, é só uma simbologia. E em ultimo caso, o Edir Macedo é mercenário, mas não é burro.

Foi quando outro vloguer, o Pirulla, entrou na discussão:

Lembremos que o fundamentalismo islâmico começou com jovens “inofensivos” ultra conservadores e muito disciplinados, que não pegavam em armas, e sim em cartazes, na fundação da Irmandade Muçulmana do Egito em 1930. O que veio depois é bem conhecido. Será que estou incorrendo numa falácia do declive escorregadio?Talvez. Mas a despeito dos exageros, eu enxergo isso com muita preocupação sim.

WELL, a Universal já tem os seus inimigos. Em janeiro deste ano, uma igreja da Universal em Senegal foi atacada por muçulmanos, irritados porque a esposa de um líder comunitário estaria frequentando a igreja. O próprio site da Universal conta como foi:

Na última sexta-feira, por volta das dez e meia da manhã, um grupo de jovens invadiu o Centro de Ajuda Espiritual no Senegal, com pedras, madeiras, facas, martelos e machados, e destruíram tudo em poucos minutos, ferindo aproximadamente 3 pessoas.

Alguns obreiros e membros relataram que o povo estava no templo para a busca do Espírito de Deus, quando mais de 100 jovens apareceram cercando o templo perguntando pelo pastor. Cadeiras, lâmpadas, armários e etc foram totalmente destruídos, até a bíblia foi rasgada. O pastor teve suas roupas levadas, tendo que ser socorrido por um membro, ficando apenas com a roupa do corpo.

O motivo do ataque se deu ao fato da esposa do líder do bairro estar frequentando a igreja. O primeiro atentado aconteceu em setembro do ano passado, por mais de 200 jovens que invadiram o templo arrancando todas as cadeiras e atearam fogo do lado de fora da igreja.

Mas o exército está ali e temos que discutir esse assunto. São jovens com fé cega, totalmente disciplinados, marchando de uniforme em formação militar. Tem pelotões em todos os estados e em muitos países. Eles gritam com vigor seus sloogans. Apenas não pegaram em armas, apenas isso.

logo gladiadores do altar

O que você acha disso?

comentários

Compartilha