Cocaína vegana supervisionada por um rabino

rabino trafi
UAU, esse é o título mais crazy que já escrevi por aqui. Mesmo assim, ele faz parte de um debate que surgiu neste vídeo de comédia da série Sala dos Roteiristas, exibido no canal do Omelete TV. Confira aí e depois a gente debate sobre isso:

 

O vídeo levantou algumas questões engraçadas e ao mesmo tempo pertinentes, mas eles não foram os primeiros a pensarem nisso.

Consultando o Google, vi que um junkie vegano alguém lá na Itália fez a mesma pergunta:

 

coca

A cocaína é considerada vegana?
Porque eu comprei um pouco ontem e vai me doer se não for…

Tá, adoro isso, humor com discussão real. Nessa vibe achei um texto fodástico do Denis Russo Burgierman, que é  jornalista das Revistas Superinteressante e Vida Simples.

Trigo, farinha e cocaína

Nesse texto, ele fala do refino das plantas, que seria como um “linchamento vegetal”. O processo maltrata as plantas e retira delas todas as fibras, minerais e vitaminas, sobrando só o componente ativo, que é absorvido pelo corpo de uma maneira anormal em relação com a planta natural.  “Esses pós refinados não estragam? Porque praticamente não têm nutrientes. As bactérias e insetos não se interessam pelo que não tem nutriente“, destaca. Ninguém se vicia em mascar folhas de coca, ou trigo ou cana.  E a cocaína era vendida em farmácias com o sloogan de “elixir da vida”, com a patente da Bayer.

The Adverts For Quack Cures That Tricked Millions...***EXCLUSIVE*** UNSPECIFIED - UNDATED: An advert for cocaine toothache drops, which cost just 15 cents in 1885. THESE adverts for exotic-sounding cures once duped millions into buying their bizarre medicines to cure cancer and liver disease containing COCAINE and ALCOHOL. The adverts - often depicting children - claimed to cure a long list of ailments including cancer, liver disease and coughs. But the miracle cures were loaded with substances such as cocaine, morphine and alcohol. The products were all readily available over the counter and millions rushed to snap them up around the world in the late 1800s. One advert for Ozone paper urged buyers to ignite its special paper and inhale the smoke to cure their asthma and bronchitis. While Dr Seth Arnold's Cough Killer's campaign showed a young girl clutching a puppy - but contained high levels of Morphine. Another ad dating back to 1885 advertised its "instantaneous cure" for toothache - using cocaine. PHOTOGRAPH BY SPL / Barcroft Media UK Office, London. T +44 845 370 2233 W www.barcroftmedia.com USA Office, New York City. T +1 212 796 2458 W www.barcroftusa.com Indian Office, Delhi. T +91 11 4053 2429 W www.barcroftindia.com

Farinha e açúcar são na verdade muito mais letais do que cocaína. É que cocaína viciou poucos, mas açúcar e farinha viciaram quase todo mundo.

ico-separa-post

E o rabino?

Brincando brincando se fala a verdade: O rabino Mendel Menachen Gorowitz foi preso na Argentina porque estava indo e vindo para Israel com sete quilos e meio de cocaína. Cocaína Kosher.
Aliás, na Argentina os judeus ortodoxos lideram o tráfico de cocaína e exctasy.
Tavam brincando, mas é real! É real!

O que você acha disso?

comentários

Compartilha