Show pirotécnico

Ao ver esse título, vc logo imagina:

pirotecnia
Ou então isto:

rammstein
Tudo isso sendo disparado por dispositivos mais ou menos como este:

técnico em pirotecnia
Bem, em resumo é isso o que se imagina hoje em dia como sendo um show de pirotecnia.

Agora, se você clicar em “continue lendo”, a gente vai ver o que o compositor Pyotr Ilyich Tchaikovsky preparou para apresentar a sua “Abertura 1812”, no ano de 1882.

Com o fracasso da invasão Francesa à Rússia, em 1812, os russos ficaram em festa, pois o exército de Napoleão Bonaparte era temido no mundo todo, sendo assim denominado  La Grande Armée, “O Grande Exército”.

Autoria: "Geschichte des Husaren-Regiments von Zieten ( Brandenburgisches) Nr. 3" von Armand Freiherr v. Ardenne Berlin 1903.

A carga ligeira dos Hussardos Franceses na Rússia.  Autoria: “Geschichte des Husaren-Regiments von Zieten ( Brandenburgisches) Nr. 3” von Armand Freiherr v. Ardenne Berlin 1903.

 

Para comemorar, Tchaikovsky foi grandioso, para ser digno da façanha militar.  No dia da apresentação também ia rolar o aniversário da coroação do Czar, uma inauguração de uma catedral, os 70 anos de vitória contra Napoleão e ainda tinha a abertura da Exposição Universal das Artes, realizada em Moscou, OU SEJA, a coisa tinha que ser arrebatadora mesmo.

Repara na cara de dodói do Tchaikovsky
Repara na cara de dodói do Tchaikovsky

O evento seria executado na Praça Vermelha. Clica na imagem pra ver ela em tamanho ogresco.

Praça Vermelha

Então tá, o assunto desse post é pirotecnia, certo?
Pois Tchaikovsky sabendo que ia se apresentar numa praça, que ia ter inauguração de catedral  e que o evento era militar, resolveu colocar o som  dos  sinos das torres do Kremlin, e os da nova catedral do Cristo Salvador. Por si só isso já seria uma novidade e tanto, uma inovação na música erudita. Mas a coisa não parou por aí.

O regente da obra acionou também canhões de guerra, voltados a disparar cerca de 16 tiros por cima do público. Canhões já tinham sido usados antes, mas de forma mais comedida. O que importa é que essa apresentação é a maior, ou mais grandiosa ação de pirotecnia do mundo.

Vai uma comparação aí

Sendo assim: quando você for num show e ver umas faíscas, um show pirotécnico, e olhar para as pessoas em volta boquiabertas gritando “UÔÔÔU”, lembre-se que isso é um tédio perto da “Abertura 1812”

Bom, que tal a gente ser pragmáticos agora e ouvir o som? A melhor versão que achei foi essa:


Pessoal, se vcs curtiram a matéria, compartilhe ela com os amigos. Valeu 🙂

O que você acha disso?

comentários

Compartilha