A imprensa Brasileira se borrando toda, como uma barata tonta

A imprensa Brasileira se borrando toda, como uma barata tonta, não sabe mais onde se enfiar. Como todos sabem, a mídia é o quarto poder, ela representa o poder. Mas ela também precisa de audiência.

Então temos aqui um Datena, que se arrependeu todo. E é claro,  a Iconoclastia ontem mandou o Datena CHUPAR MUITO (vale o clique).

Mas hoje veio um arrependimento: O Arnaldo Jabor, um iconoclasta da direita, que destilou seu veneno contra os manifestantes esses dias, se cagou todo.

O leão:

 E o gatinho faminto:

Pra deixar o circo mais louco e engraçado, o Perfil da revista Veja foi invadido hoje, depois do meio dia com os seguintes tweets:

Invadido

E também a seguinte imagem:
retweet da Veja
Ah, já ia esquecendo do Grupo UOL, que começou FRAUDANDO as notícias. Começou quando o grupo fez uma legenda que dizia que o grupo Anonimous estava depredando a cidade, quando na verdade o grupo estava levantando as lixeiras que outros manifestantes viraram. A Folha política retratou isso muito bem. Logo depois dessa denúncia, misteriosamente a posição política do grupo UOL ficou muito mais cuidadoso e a favor dos manifestantes. Que coisa mais pragmática, não é?

ico-separa-post

As pesquisas mostram que o povo está a favor das manifestações (datafolha). A Dilma foi vaiada na abertura da copa das confederações (veja o vídeo). A Mídia internacional está contra a polícia e a favor dos manifestantes.

Com tudo isso embolando em cima da cabeça dos editores, o momento é de cuidado. Por mais que sejam cachorrinhos representantes fiéis do poder, também devem respeito em relação ao seus consumidores, então o momento é crítico. O governo do PT conseguiu comprar os sindicatos para que eles não se manifestem nem façam greves. Mas agora esta manifestação não é política. Estão sofrendo na mesma barca os irmãos gêmeos do PT de Dilma, o PSDB do Alckmin, o PDT do Fortunatti entre tantos políticos das mais variadas facções do poder. É genericamente o poder quem está apanhando e retribuindo covardemente com seus cachorros das tropas de choque.

Vamos ver como está o G1 hoje?
G1

Vamos ver: Em jornalismo, estudamos que as notícias tem hierarquias, as maiores ou mais para cima são as principais, mas as fotos são onde primeiro os olhos pousam.

  • Primeiro, o uso do termo “Grupo“. Grupo não é o melhor rótulo, grupo é quase um “bando”, tem associação pejorativa;
  • A foto mostra um congestionamento, ou seja: mostrando os “problemas” que esses manifestantes causam;
  • “Rio teve confronto em protesto” Confronto entende-se dois lados em litígio, brigando. Não foi o que houve. Na  internet a gente vê dezenas de casos de COVARDIA, de manifestantes gritando “Não à violência” e sendo respondidos com tiros. Policiais entre sete espancando um único jornalista. Ou seja, “Rede Globo”, não distorça tanto assim os fatos!
  • Pra fechar com chave de ouro, a piada do ano: “Intenção da PM é viabilizar o evento” OK e eu sou o Coelhinho da páscoa.

A quantidade exagerada de mentiras e distorções está fazendo desconfiar até mesmo o nosso povinho crédulo e dócil. Isso não quer dizer que estamos ganhando consciência política. Quer dizer apenas que a mentira está tão ridiculamente gigante, que nem mesmo o povo mais crédulo do mundo consegue engolir tanta besteira.

O problema:

O problema, amigos, é que nós ainda não estamos na Copa, definitivamente. O Brasil é o país do futebol, mas nunca ouvi dizer que é o país da política. O temor é que o substrato silencioso deste momento se erga como uma massa dos contentes durante a Copa, sufocando a demonstração que estamos vivenciando.

O que você acha disso?

comentários

Compartilha